Baiano diz que iniciou negócios na Petrobras no governo FHC

BR 247 - O empresário Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema de propinas e corrupção na Petrobras, disse à Polícia Federal nesta sexta-feira (21), que começou a fazer negócios com a estatal ainda no governo Fernando Henrique Cardoso, em 2000. "Por volta do ano de 2000, ainda durante a gestão Fernando Henrique celebrou um contrato com uma empresa espanhola, de nome Union Fenosa, visando a gestão de manutenção de termelétricas", disse.
A PF suspeita que o reduto de ação de Fernando Baiano na Petrobras era a Área Internacional, que foi comandada por Nestor Cerveró, personagem emblemático da compra da Refinaria de Pasadena, nos EUA. Fernando Baiano disse que conheceu Cerveró “ainda no governo Fernando Henrique”. Na ocasião, segundo ele, Cerveró era gerente da Petrobras.
Ele disse que “soube recentemente” que Cerveró foi “indicação política” do PMDB, mas que achava que o ex-diretor de Internacional “sempre fosse vinculado ao PT”. Fernando Baiano disse que “soube que o diretor que assumiu o cargo no lugar de Cerveró era indicação do PMDB”.
Baiano também falou sobre o doleiro Alberto Youssef e disse que ele lhe pediu que “fizesse doações para campanhas políticas”. O doleiro, segundo Fernando Baiano, teria sugerido que “alguma empresa” por ele representada também fizesse doações. O suposto operador do PMDB negou que tivesse repassado valores para Youssef.
Ele negou também que tenha sido operador de “qualquer partido político”. Admitiu que mantém duas contas no paraíso fiscal de Linchenstein, uma em seu nome e outra em nome de sua empresa, Tecnhis Engenharia e Consultoria, ambas as contas “declaradas”.

Armando Monteiro é o ministro do Desenvolvimento

 Do blog do Magno Martins

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) foi confirmado, há pouco, como ministro do Desenvolvimento. O senador estava reunido com a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidente.
A pasta de Desenvolvimento está ocupada interinamente por Mauro Borges, desde que deixou o posto Fernando Pimentel, da cota pessoal da presidente Dilma.
Ex-deputado por três mandatos, Armando Monteiro foi eleito senador em 2010 e presidiu a Confederação Nacional da Indústria (CNI) entre 2002 e 2010. Candidatou-se ao governo de Pernambuco neste ano, com o apoio do PT, mas foi derrotado em primeiro turno por Paulo Câmara, nome do ex-governador Eduardo Campos (PSB).

Conheça a nova equipe econômica de Dilma

do Blog do Magno Martins
 

Joaquim Levy, comandou a Secretaria do Tesouro Nacional no primeiro mandato do ex-presidente Lula e atualmente é administrador de fundos do banco. Vai assumir o Ministério da Fazenda.
Está confirmado: a presidente Dilma Rousseff anuncia, ainda hoje, o seu time econômico completo. Joaquim Levy, Nelson Barbosa e Alexandre Tombini ocuparão, respectivamente, os ministérios da Fazenda e do Planejamento e Tombini permanecerá na presidência do Banco Central. Levy foi secretário do Tesouro no governo Dilma e Barbosa secretário-executivo da Fazenda na gestão de Guido Mantega.


Nelson Barbosa, ex-secretário executivo da Fazenda, assume o Ministério do Planejamento.
Há ainda outros dois nomes confirmados: a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) será nomeada ministra da Agricultura e o senador eleito Armando Monteiro (PTB-PE) ministério do Desenvolvimento e Indústria.


Alexandre Tombini, o economista permanece na presidência do Banco Central.

A trinca de Levy, Barbosa e Tombini foi adiantada em reportagem do 247 publicada ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo reagiu com otimismo às altas chances de nomeação ainda hoje, operando em alta de mais de 3% às 16h10. Os papéis da Petrobras entraram em disparada de alta, subindo cerca de 8%. Vale também escalou 8%.


A senadora e presidente da Confederação Nacional da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB), assume o Ministério da Agricultura.


O senador pernambucano Armando Monteiro Neto (PTB) assume a pasta do Desenvolvimento e Industria.

RADIALISTA DECRETA ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA EM TAQUARITINGA DO NORTE

 Uma forma inusitada de protestar vem ganhando repercussão na região do Polo de Confecções. O fato é que, o radialista Alberes Xavier da Rádio Filadélfia FM decretou mesmo sem legitimidade, estado de calamidade pública, devido o descaso administrativo que tem causado diversos transtornos aos moradores norte-taquaritinguense, principalmente aqueles que residem no Distrito Pão de Açúcar.
 Confira decreto na integra:

TAQUARITINGA DO NORTE

DECRETO 001, de 18 de Novembro de 2014.
 Declara Estado de Calamidade Pública na Sede, no Distrito de Pão de Açúcar, e nas demais áreas do Município de Taquaritinga do Norte, afetadas pelo descaso da Administração Municipal.
 Eu ALBERES XAVIER DE ASSUNÇÃO, cidadão de Taquaritinga do Norte, em pleno gozo de meus direitos políticos, ouvindo diuturnamente os reclamos do povo da cidade, no uso de seus direitos de cidadão, conferidos pelo Parágrafo Único do art. 1º, combinado com o art. 61, “in fine”, § 2º, ambos da vigente Constituição Federal, bem como nos termos da vigente Lei Orgânica do Município, com o respaldo da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte.
 CONSIDERANDO:
 I – Que o Poder Público Municipal se encontra com o pagamento dos vencimentos dos servidores do Hospital Severino Pereira da Silva em atraso, sem que haja uma definição a respeito;
 II – Que a iluminação Pública a cargo da Prefeitura, tanto na sede como no distrito de Pão de Açúcar se encontra deficitária, com várias ruas às escuras, o que tem gerado insegurança e o aumento da violência, através das ações dos marginais;
 III – Que as estradas da área rural, compreendendo os sítios, povoados e distritos, se encontram esburacadas, dificultando o acesso, bem como a locomoção da população;
 IV – Que o Hospital Severino Pereira da Silva e os Postos de Saúde da Família da sede e dos distritos, encontram-se sem médicos e sem medicamentos para servir a população adequadamente;
 V – Que as obras da creche do Distrito de Pão de Açúcar se encontram paralisadas, sem previsão de conclusão ou retorno dos trabalhos e sem que tenha havido os devidos esclarecimentos ao povo;
 VI – Que o Sr. Prefeito do Município não mais reside na cidade de Taquaritinga do Norte;
 VII – Considerando, por fim, o respaldo dos Senhores Vereadores do Município.
 DECRETA:
 Art. 1º. Fica declarado Estado de Calamidade Pública em todo o território do Município de Taquaritinga do Norte.
 Art. 2º. Via de consequência, ouvido o Poder Legislativo Municipal, fica o povo de Taquaritinga do Norte autorizado a se manifestar publicamente contra esse estado de calamidade pública e cobrar do Sr. Prefeito do Município que adote as providências necessárias para sanar os fatos relatados acima, num prazo Máximo de 24 (vinte e quatro) horas, sob pena de decretação da vacância do cargo de Prefeito, pela Câmara Municipal, assim permanecendo até que ocorra novas eleições.
 Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
 REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE, CUMPRA-SE.
Taquaritinga do Norte, aos 18 dias do mês de Novembro do ano de 2014. 
ALBERES XAVIER DE ASSUNÇÃO – RADIALISTA A SERVIÇO DO POVO
Do: Blog Agreste Notícia

RICARDO TEOBALDO SE COLOCA A DISPOSIÇÃO DOS VEREADORES TABOQUINHAS

 Mesmo sem ter contado com o apoio dos vereadores do grupo de oposição em Santa Cruz do Capibaribe, o deputado federal eleito em outubro passado, Ricardo Teobaldo (PTB), se colocou a disposição dos parlamentares.
 “Eu estou em Santa Cruz não para dividir, mas sim para somar, pra ajudar e ajuntar. Quero trazer as coisas para cá, sei da responsabilidade que tenho em todo Pernambuco através de um mandato que acabei de conseguir em uma luta, com um trabalho sério [...]. A eleição já terminou e o nosso trabalho agora é ganhar a Prefeitura e está perto de isso acontecer, então é importante que vocês possam se entender e estarei à disposição de todos os vereadores”, pontuou.
 Ainda na ocasião, Teobaldo atribuiu a vitória de Paulo Câmara ao governo do estado, a comoção em torno da morte do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo no dia 13 de agosto desse ano.
Do: Blog Agreste Notícia

Petrobras fez mais de 60% das compras sem licitação

  Dados preliminares do Tribunal de Contas da União (TCU) apontam que a Petrobras não usou licitação em pelo menos 60% dos contratos de compras entre 2011 e 2014, que totalizam entre R$ 60 e 70 bilhões. A informação foi dada nesta quarta-feira pelo secretário de Fiscalização de Obras para a área de energia do órgão,  Rafael Cavalcante, à CPI mista da Petrobras.
O decreto que aprova o regulamento do procedimento licitatório foi assinado pelo então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, em 1998 para facilitar as compras da estatal.  O representante do Ministério Público Federal (MPF) na reunião, Marcelo Moscogliato, defendeu a importância da licitação para a economia de recursos da sociedade.
"Ninguém concorre com a Petrobras no mercado", disse, ao considerar que a estatal não seria prejudicada numa eventual revisão da norma. A Petrobras afirma que o regime vigente de contratação é importante para a atuação da estatal em um mercado competitivo. (Do Portal Terra)

Gerente da Abreu e Lima é afastado do cargo

Do Blog do Magno Martins


Auditorias internas da Petrobras para investigar casos de corrupção tiveram os primeiros efeitos dentro da empresa. Cinco gerentes que participaram de contratações de equipamentos e serviços para a construção da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, perderam cargos de chefia na terça-feira, e poderão ser demitidos por justa causa, dependendo do julgamento de uma comissão interna instaurada para avaliar se participaram de um esquema de recebimento de propina. Outras exonerações de gerências poderão ainda acontecer nos próximos dias.
Foi afastado do cargo Glauco Colepicolo Legatti, gerente-geral de Implementação de Empreendimentos para a refinaria Abreu e Lima. A lista inclui ainda a chefe de escritório da Petrobras em Singapura, Venina Velosa da Fonseca; o gerente-geral de Gestão de Tecnologia do Cenpes, Francisco Paes; o gerente-geral de Compras para Empreendimentos da área de Abastecimento, Heyder de Moura Carvalho, e o executivo da Logum, empresa de logística de etanol, Roberto Gonçalves. Formalmente, a Petrobras não confirma nomes, apenas o afastamento de gerentes. Procurados pela reportagem, eles não foram encontrados.

Curtinhas do Moreno

Um protesto inteligente


Radialista decreta Estado de Calamidade Pública em Taquaritinga do Norte
Esta foi demais. O radialista norte-taquaritinguense, Alberes Xavier, arretado com o que chamou de “descaso da administração municipal”, decretou Estado de Calamidade Pública.  
CONSIDERANDO:  Que o Poder Público Municipal se encontra com o pagamento dos vencimentos dos servidores do Hospital Severino Pereira da Silva em atraso, sem que haja uma definição a respeito; Que a iluminação Pública a cargo da Prefeitura, tanto na sede como no distrito de Pão de Açúcar se encontra deficitária, com várias ruas às escuras, o que tem gerado insegurança e o aumento da violência, através das ações dos marginais; Que as estradas da área rural, compreendendo os sítios, povoados e distritos, se encontram esburacadas, dificultando o acesso, bem como a locomoção da população; Que o Hospital Severino Pereira da Silva e os Postos de Saúde da Família da sede e dos distritos, encontram-se sem médicos e sem medicamentos para servir a população adequadamente; Que as obras da creche do Distrito de Pão de Açúcar se encontram paralisadas, sem previsão de conclusão ou retorno dos trabalhos e sem que tenha havido os devidos esclarecimentos ao povo; Que o Sr. Prefeito do Município não mais reside na cidade de Taquaritinga do Norte. Decretou o radialista em seu protesto.
Um protesto inteligente.
Além de Fernando, Toinho aceitaria a disputa em 2016
O grupo taboquinha parece mesmo não aprender com as derrotas. O GSV já lançou Fernando Aragão como pré-candidato a prefeito e vai lutar até o fim por isso, mas não contava tão cedo com a disposição de Toinho do Pará neste sentido. No programa Falando de Politica, foi claro: “Se meu nome for apontado em um referendo, estou pronto para ser um soldado do meu partido para servir minha cidade e meu grupo”. Com esta declaração do ex-prefeito, a oposição passa a ter dois pré-candidatos para 2016. Fica a pergunta: em um referendo, quem o povo escolheria Fernando, Toinho ou o próprio deputado José Augusto Maia? Complicada a questão...
Se for convidada, aceita! – A vereador Narah Leandro teve uma participação importante na campanha de Paulo Câmara, tendo função específica que cumpriu com profissionalismo. Não será novidade alguma se for convidada para participar do novo governo de Pernambuco. Respondendo esta questão no programa Falando de Politica, foi direta: “Se surgir esta oportunidade, e que eu possa representar as demandas de Santa Cruz e se for esta a conclusão do meu grupo, vou sim, aceitar o desafio”. Narah manteve na campanha uma ligação direta com Antônio Figueira e com a cúpula da campanha.
 
Zé Elias apoiará Dida de Nan? ! – Nos bastidores da politica local, o assunto da eleição da Câmara de Santa Cruz continua quente. As informações apontam que o vereador situacionista Dida de Nan, vem costurando apoios importantes e entre eles, o do vereador “oposicionista ou não”, José Elias Filho. Tendo um voto na oposição Dida dá um passo importante. Quanto a Zé Elias todo mundo sabe que não seria surpresa seu voto na situação.
A Justificativa de Zé Elias- Quanto à justificativa para votar em Dida de Nan, Zé Elias diria: “Sou seu amigo de infância, e somos de Poço Fundo, da mesma terra”. Seria por aí...bem naquele jeito inocente de falar.
Estão conversando com dois- Segundo Helinho Aragão, os vereadores da oposição vêm conversando com dois vereadores da situação e que eles aceitariam o voto da oposição. Se Ronaldo Paca não vê problema em receber os votos taboquinhas quem seria o outro?
Diogo na Homenagem - O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) participou, nesta quarta-feira (19), da entrega da Medalha Comemorativa em homenagem aos 25 anos da Constituição do Estado de Pernambuco. A solenidade aconteceu na Assembleia Legislativa e contou com a participação de várias autoridades e representantes de classe de todo o estado. O deputado será a partir de janeiro o único representante de Santa Cruz na ALEPE. Uma responsabilidade grande, já que em suas costas cairão às cobranças atuais e futuras do governo do Estado.

Confraternização da imprensa santa-cruzense!

Estou organizando a primeira confraternização da imprensa santa-cruzense. Comemoraremos em almoço de adesão. Aguarde o convite.

EX-PREFEITO FLÁVIO LIMA ROMPE LAÇOS POLÍTICOS COM EDSON VIEIRA E DIZ QUE VAI AJUDAR GRUPO TABOQUINHA

 O ex-prefeito da cidade de Toritama, Flávio Lima (PSD), por diversas vezes apoiou o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), em suas campanhas para deputado estadual, rompeu os laços políticos com o tucano e declarou que ajudara o grupo denominado ‘taboquinha’ nas eleições de 2016.
 “Eu era oposição a esse grupo, mais quero dizer que hoje meu líder em Pernambuco é o senador Armando Monteiro. Na eleição passada votamos em Ricardo Teobaldo e Álvaro Porto a pedido do senador. Desde já, deixo meu recado que, já estive com Zé Augusto diversas vezes e dizer que o que for preciso para nós fortalecer esse grupo, não mediremos esforços para que isso aconteça”.
 Apesar do ex-prefeito de Toritama não ter potencialidade para influenciar a política da Capital da Moda, o pronunciamento foi visto com entusiasmo pelos chamados taboquinhas.
Do: Blog Agreste Notícia

Ex-ministro Márcio Thomaz Bastos morre aos 79 anos em SP

O ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, 79

  • UOL
    O ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, 79
O ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, 79, morreu nesta quinta-feira (20) no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde estava internado desde a última terça-feira (18) devido à piora de uma doença crônica no pulmão. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital, que não informou a causa da morte.
Thomaz Bastos, que atualmente defendia a Camargo Corrêa e a Odebrecht na Lava Jato, era considerado um dos principais advogados criminalistas do país, tendo participado em cerca de 700 processos. Foi presidente da OAB-SP entre 1983 e 1985 e do Conselho Federal da OAB (1987 a 1989) antes de virar ministro da Justiça (2003 a 2007) no governo Lula. Como ministro, Bastos ficou conhecido por atribuir mais rigor à atuação da Polícia Federal. Fora do governo, voltou a advogar. "Ministro da Justiça foi um episódio extremamente importante na minha vida. Foi onde eu acho que fiz um trabalho muito fundante no Brasil", disse ao UOL em 2012.
Alguns dos atos que marcaram a passagem de Thomaz Bastos no ministério foram a reforma do Poder Judiciário e a aprovação do Estatuto do Desarmamento, em 2003.
Em 2012, o ex-ministro participou do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal como advogado de um dos réus. No julgamento, ele fez a defesa do ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado, condenado a uma pena de 14 anos e 4 meses de prisão por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas.
Enquanto atuava no mensalão, em 2012, o ex-ministro também cuidava da saúde, como descreveu ao UOL na ocasião. "Olha, eu estou terminando um check-up a duras penas por causa desse caso do mensalão. Eu estou fazendo uma vez por semana. Agora já estou no fim. E estou bem do câncer que eu tive no pulmão. Eu já tive alta porque já se passaram cinco anos. Eu fiz os exames regularmente. A única lição que eu tirei disso é que é fundamental você fazer um check-up depois de uma certa idade, pelo menos. Se fazer um check-up todo ano. Porque o meu eu peguei num acaso absoluto. Foi porque eu fiz check-up. Eu tirei uma radiografia do pulmão pedida pelo cardiologista que queria ver o estado das minhas coronários, e apareceu um tumor no pulmão. E aí eu pude operar precocemente e me salvar. Então, eu acho que essa lição é uma lição importante para todo mundo".
O ex-ministro nasceu em Cruzeiro, no interior de São Paulo, em 1935. Márcio Thomaz Bastos foi vereador em sua cidade natal pelo PSP (Partido Social Progressista) entre 1964 a 1969.
Formado em direito pela USP (Universidade de São Paulo) na turma de 1958, Thomaz Bastos era um dos mais famosos criminalistas do Brasil. Já advogou para o presidente Lula, o ex-senador Antônio Carlos Magalhães --falecido em 2007--, o empresário Eike Batista e o bicheiro Carlinhos Cachoeira. O ex-ministro também foi um dos redatores do pedido de impeachment do presidente Fernando Collor, que governou o Brasil entre 1990 e 1992.
O ex-ministro foi um dos advogados de acusação no caso do assassinato do ativista ambiental Chico Mendes, e no julgamento do jornalista Pimenta Neves, assassino confesso da namorada, Sandra Gomide.
Thomaz Bastos também é conhecido por assumir causas impopulares. Foi ele quem defendeu os estudantes da USP acusados de afogar um calouro de medicina. Bastos também defendeu os jovens de Brasília que atearam fogo e assassinaram um índio pataxó, e, mais recentemente, o médico Roger Abdelmassih. Sobre essas defesas, o ex-ministro disse ao UOL em 2012: "Esse papel do advogado, de defender contra a maré, é comum. Na minha vida, eu já tive centenas de casos em que eu advogava para o inimigo público".

Bilionário no banco dos réus: Eike parecia tranquilo

Do Blog do Magno Martins
 A primeira audiência de instrução e julgamento do empresário Eike Batista sobre manipulação de mercado e uso indevido de informação privilegiada ("insider trading"), que começou às 14h25 desta terça-feira, no auditório do Tribunal do Juri da Justiça Federal do Rio de Janeiro, no Centro da cidade, terminou por volta das 17h. A denúncia contra o empresário foi feita pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ) e aceita pela Justiça em 16 de setembro. Eike aparentava tranquilidade durante o julgamento.A primeira testemunha de acusação a depor foi o especialista da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Fernando Soares Vieira. A segunda testemunha que depôs foi o economista José Aurélio Valporto, que informou ter investido em ações da empresa de Eike.
O economista especializado em mercado de capitais, José Aurelio Valporto, declarou que denunciou o empresário para o MPF devido ao anúncio de uma descoberta de cerca de 1 bilhão e meio de barris de petróleo recuperáveis em 14 de outubro de 2009. No entanto, de acordo com ele, "o que sabemos hoje é que é absolutamente impossível estimar volume recuperável, de acordo com informações da Agência Nacional de Petróleo (ANP)".
Defesa pediu retirada da imprensa
O início da sessão foi marcado pelo pedido da defesa do empresário para que a imprensa fosse retirada do local. O juiz da 3ª Vara Federal Criminal, Flavio Roberto de Souza, permaneceu com a sua decisão de manter os profissionais de comunicação na audiência sob o argumento que "os fatos que estão aqui são notoriamente públicos   (Do Portal G1)

“Dilma tem gratidão e vai continuar ajudando Pernambuco”, garante Armando, no Agreste



Crédito da foto: Leo Caldas
“Dilma tem gratidão e vai continuar ajudando Pernambuco”, garante Armando Monteiro, no Agreste

 
Durante viagem pelo Agreste, nesta sexta-feira (14), o senador Armando Monteiro (PTB) garantiu que Pernambuco continuará recebendo uma atenção especial da presidente Dilma Rousseff, nos próximos quatro anos, ao longo da administração do governador eleito Paulo Câmara (PSB).

“A presidente Dilma vai ajudar Pernambuco, vai garantir os recursos para realizar obras importantes”, assegurou, em entrevistas em Pesqueira e Belo Jardim, por onde iniciou uma série de viagens pelo interior para agradecer pelos votos que recebeu na eleição deste ano.

Segundo Armando, o compromisso de Dilma com Pernambuco se fortaleceu ainda mais na eleição, quando recebeu um novo voto de confiança dos pernambucanos.

“A presidente Dilma não vai discriminar Pernambuco por conta de quem seja governador. Ela tem compromisso com o povo de Pernambuco, esse povo que deu a ela 70% dos votos no segundo turno. Foi um voto de agradecimento, de reconhecimento ao muito que foi feito, mas sobretudo um voto de confiança, uma renovação de confiança para que o governo federal continue ajudando Pernambuco. E nossa obrigação, como parlamentares que somos, é ajudar nesse processo”, acrescentou Armando.

OPOSIÇÃO EM PE – Questionado sobre sua atuação em Pernambuco a partir de agora, o senador Armando Monteiro reafirmou a disposição de fortalecer a oposição ao novo governo estadual, ajudando a estruturá-la para que exerça bem o seu papel. “Estaremos firmes cobrando os compromissos assumidos pelo governador eleito e fiscalizando o futuro governo”, salientou.

Nos municípios de Pesqueira, Belo Jardim, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, para onde foi nesta sexta-feira, Armando demonstrou preocupação com os problemas vividos pela população em diversas áreas, como a da Saúde: “Ouvimos aqui na região depoimentos sobre o quadro de descalabro nos hospitais e nas UPAs. É preciso que o governo estadual resolva logo esse problemas”.

Sesi e Senai abrem processo seletivo para 761 vagas gratuitas no Ebep

 

EDUCAÇÃO 
Sesi e Senai abrem processo seletivo para 761 vagas gratuitas no Ebep
Programa permite que aluno curse, simultaneamente, o Ensino Médio e uma graduação técnica
Começam nesta segunda-feira (17) as inscrições para o processo seletivo 2015 do programa Educação Básica e Educação Profissional (Ebep), desenvolvido em parceria pelo Sesi e Senai Pernambuco. Gratuito, o programa permite ao aluno concluir o Ensino Médio já com um certificado técnico em mãos, ou seja, pronto para iniciar a vida profissional.

Ao todo, são oferecidas 761 vagas em 14 cursos técnicos, com foco no setor industrial: Administração, Eletromecânica, Eletrônica,  Eletrotécnica, Fab. Mecânica, Informática, Logística, Manutenção Automotiva, Mecânica, Química, Rede de Computadores, Refrigeração e Climatização,  Segurança do Trabalho e Vestuário.
Interessados devem se inscrever até 10 de dezembro, na unidade do Sesi onde pretende estudar: Casa Amarela, Ibura, Camaragibe, Cabo e Paratibe, no Recife e Região Metropolitana; Caruaru, no Agreste; Escada e Goiana, na Zona da Mata; e Araripina e Petrolina, no Sertão do Estado. Os endereços estão disponíveis no site www.pe.sesi.org.br. O edital também será publicado na página eletrônica, na próxima semana.
Para concorrer a uma vaga é preciso ter até 17 anos completos em 31 de dezembro deste ano, além de apresentar documento comprobatório de conclusão da 8ª série/9º ano. A prova, que será aplicada no dia 21 de dezembro, das 14h às 17h, contém 20 questões de português e 20 de matemática. O gabarito definitivo será divulgado no dia 23 do mesmo mês. Já o resultado final estará disponível a partir de 5 de janeiro, nos sites das instituições. 
 

CIOSAC APREENDE COCAÍNA, EM PETROLINA


     Na noite de ontem (13), durante rondas no bairro Atrás da Banca, em Petrolina, uma equipe da CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga)efetuou abordagem à ANGELUS RAPHAEL DE LIMA, 20 anos, o qual estava de posse de 4g (quatro gramas) de cocaína.    O detido foi conduzido à Delegacia de Plantão da cidade, para as providências legais cabíveis.


CIOSAC APREENDE ARMAS DE FOGO EM SAIRÉ.



       Através de informações repassadas pelo Disque Denúncia à CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga), sobre comércio ilegal de armas de fogo no bairro Centro, na cidade de Sairé,após levantamentos, uma equipe da CIOSAC deslocou-se ao local, apreendendo, em poder de LOURIVAL JOAQUIM DA SILVA, uma espingarda cal. 12, marca Rossi; uma espingarda cal. 12, marca CBC; um revólver cal. 38; 69 munições cal. 38, intactas; 03 punhos de revólveres; 05 cartuchos cal. 16, deflagrados; 34 munições cal. 12, intactos; 01 munição cal. 12, deflagrada; 01 munição cal. 20, intacta; 05 munições cal. 20, deflagradas; 08 munições cal. 32, intactas; 03 munições cal. 32, deflagradas; 09 coldres de couro e 01 remuniciador rápido de revólver (jet loader). 
       Ao ser detido, o Sr. Lourival tentou subornar o policiamento com uma quantia, em espécie, de R$ 3.000,00, caracterizando corrupção passiva. 
       O detido foi conduzido à Delegacia de Polícia de Bezerros, e após as providências legais cabíveis, foi recolhido ao presídio de Caruaru.


CIOSAC CAPTURA FORAGIDO E PRENDE ACUSADOS DE TRÁFICO DE COCAÍNA, EM PETROLINA.


        Na madrugada de hoje (15), após levantamentos realizados, a CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga), realizou 
bloqueio na estrada da Tapera, zona rural de Petrolina, onde deu cumprimento ao Mandado de Prisão expedido na 4ª Vara de execuções Penais do Estado de Pernambuco, em desfavor de ANDERSON MARINHO DE ARAUJO, o qual era fugitivo da Penitenciária de Petrolina, onde cumpria pena por tráfico de droga. Após a prisão de Anderson, o efetivo deslocou-se à residência de ELIELTON DE PONTES e de HAMILTON SANTOS DO CARMO, no bairro São Gonçalo, zona urbana de Petrolina, onde foram apreendidos 328 gramas de cocaína; R$ 557,00 reais em espécie e um veículo Pólo Sedan, placa JPX 8072. 
        Os detidos foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia de Petrolina, para as providências legais cabíveis.


CIOSAC APREENDE ARMA DE FOGO EM BEZERROS.



     Na tarde de ontem (14), através de informações repassadas pelo Disque Denúncia à CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga), sobre uma posse ilegal de armas de fogo no bairro Queimada Dantas, na cidade de Bezerros, a equipe da CIOSAC deslocou-se ao local, apreendendo, em poder de Josenildo de Oliveira, vulgo "Nildo", 01 (um) revólver calibre 38, 2 polegadas de 6 tiros, marca Taurus. Segundo a denúncia, o acusado costumava efetuar disparos na localidade. 
      O detido foi conduzido à Delegacia de Polícia de Bezerros, para as providências legais cabíveis. 



Vem mais aí. 200 deputados à sombra de empreiteiras

Do Magno Martins

 O governo Dilma e os partidos que o sustentam, sobretudo o PT e o PMDB, vão pagar a conta do escândalo Petrobras. Mas analistas políticos avaliam que os desdobramentos da Operação Lava-Jato serão mais amplos. As empreiteiras financiaram cerca de 200 deputados eleitos de 23 partidos. No Brasil, as grandes empresas doam para candidatos de todas as legendas, e dinheiro não tem carimbo.
Não há quem possa dizer que “a minha doação é honesta e a do meu adversário é fruto de roubo”. O financiamento eleitoral está nu. Sai fortalecida a posição de seis ministros do STF, que declara inconstitucional o financiamento eleitoral pelas empresas. A reforma do processo político virou uma necessidade urgente.(Ilimar Franco - O Globo)

Nova fase da Lava Jato atinge o clube do bilhão

Do Magno Martins

Escândalo de corrupção na Petrobras leva à cadeia representantes de oito das maiores empreiteiras do país e mais um ex-diretor da estatal ligado ao PT

Rodrigo Rangel e Hugo Marques
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CHEFE – Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, preso na sexta-feira passada: o 'capo' do cartel da Petrobras gostava de repetir que tinha um único amigo no governo – 'o Lula' (Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)
 
Veja
Em um país de instituições mais frágeis, a prisão por suspeita de corrupção de altos executivos das maio­­res empresas nacionais não se efetivaria nunca ou produziria uma crise institucional profunda. Antes, portanto, de entrarmos nos detalhes dessa pescaria da Polícia Federal em águas sujas da elite empresarial, celebremos a maturidade institucional do Brasil — a mesma que foi posta à prova e passou com louvor quando o Supremo Tribunal Federal (STF) mandou para a penitenciária a cúpula do partido no poder responsável pelo escândalo do mensalão.
Esse senhor pesadão, bem vestido, puxando uma maleta com algumas mudas de roupa e itens de higiene pessoal, não está se dirigindo a um hangar de jatos executivos para mais uma viagem de negócios. Ele está sendo conduzido por policiais para uma temporada na cadeia. A foto ao lado mostra o engenheiro Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, apontado por investigações da Operação Lava-Jato como o “chefe do clube”. Um clube muito exclusivo, diga-se. Dele só podiam fazer parte grandes empresas que aceitassem as regras do jogo de corrupção na Petrobras. Por mais de uma década, os membros desse clube se associaram secretamente a diretores da estatal e a políticos da base aliada do governo para operar um dos maiores esquemas de corrupção já desvendados no Brasil — e, por sua duração, volume de dinheiro e penetração na mais alta hierarquia política do país, talvez um dos maiores do mundo. Continue lendo aqui a reportagem na íntegra.

Não há fatos para impeachment de Dilma, diz Alckmin

Do Magno Martins

PSDB não deve ser Cassandra; prender corruptores fortalece democracia, afirma tucano
KENNEDY ALENCAR
 Reeleito para governar São Paulo pela quarta vez, o tucano Geraldo Alckmin diz que “não tem nenhum fato que justifique” um eventual pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Afirma que, na oposição, PSDB não deve ser “Cassandra de apocalipse”.
“Nós acabamos de sair de um processo eleitoral em dois turnos. Não tem nenhum fato que justifique isso [impeachment presidencial]. Acho que temos agora é que trabalhar. Quem ganhou a eleição é governar. E quem perdeu é fiscalizar, exercer o papel democrático, patriótico de fiscalização”, declara.
Na avaliação de Alckmin, essa nova fase da Operação Lava Jato, que prendeu os chamados corruptores, fortalece a democracia: “A corrupção precisa ser combatida permanentemente não em razão eleitoral, para ganhar a eleição, mas para não ter impunidade. (…) O país avança. A democracia se fortalece quando você tem o avanço do processo investigatório, o esclarecimento da questão e a punição exemplar dos responsáveis. Dos que receberam dinheiro e dos corruptores. Dos dois lados. Isso vai fortalecer a democracia”.
A respeito da futura revelação de nomes de deputados e senadores citados na Operação Lava Jato, o tucano diz que “essa questão precisa ser levada às últimas consequências”. Mas afirma ser necessário “o Congresso andar” e “fazer as reformas que precisam ser feitas”. 

Até agente da PF o grupo tinha para transportar dinheiro

  A quadrilha de Alberto Yousseff & Cia tinha um agente federal no Aeroporto Galeão (RJ) para facilitar o transporte de dinheiro do grupo. Um relatório da Polícia Federal detalha a atuação de Jayme Alves de Oliveira Filho, mais conhecido como Careca, revela Lauro Jardim, na sua coluna da Veja Online.
Segundo o relatório, baseado em planilhas apreendidas com Yousseff, Careca entre os anos de 2011 e 2012 transportou ou entregou os seguintes valores: 13 milhões de reais em espécie, 991 300 dólares e 375 000 euros.
Yousseff também tinha outros subordinados para transportar dinheiro.
Uma das entregas ou retiradas de dinheiro, segundo a PF, foi feita na UTC em setembro de 2013. 

Mais delações vêm por aí. E de peixe graúdo



 Não resta dúvida de que com essa nova leva de executivos de empreiteiras presos, a lista dos que toparão um acordo de delação premiada aumentará exponencialmente. A prisão do vice-presidente da Engevix Gerson Almada, na operação de ontem da PF, se explica pelo fato de ser um dos raros sócios de uma fornecedora da Petrobras a tratar dos assuntos heterodoxos pessoalmente com Paulo Roberto Costa. Não mandava seus executivos, como é a regra,  fazia ele próprio.
O balanço da Petrobras do terceiro trimestre que deveria ser publicado ontem foi adiado por causa da recusa da auditoria externa de assiná-lo.
Mas o balanço verdadeiro, o que dá para fazer por enquanto, é o seguinte: dois ex-diretores da Petrobras presos, um presidente de subsidiária (Transpetro) afastado e a reputação da maior empresa brasileira jogada no lixo. Não é pouco. (Lauro Jardim - Veja Online)

OAB vai pedir afastamento de juiz processado por agente de trânsito


Para conselheiros, magistrado que deu ordem de prisão à Luciana Tamburini agiu de forma arbitrária, "como na Ditadura"

O Dia
Rio - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai até o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedir o afastamento imediato do juiz João Carlos de Souza Correa, envolvido em uma briga judicial após ser parado em uma blitz da Lei Seca.
Os representantes da entidade entregarão uma petição às corregedorias do CNJ e do Tribunal de Justiça (TJ) pedindo a investigação do magistrado, envolvido em quatro denúncias. O objetivo é que ele seja afastado até o fim da apuração.
A agente do Detran Luciana Silva Tamburini foi processada por juiz que foi parado em blitz da Lei Seca
Foto:  Ernesto Carriço / Agência O Dia
Os conselheiros da OAB se reuniram nesta quinta-feira e dizem estar inconformados com a decisão de ontem da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, que mante a condenação por danos morais da agente de trânsito, Luciana Silva Tamburini.
Para os representantes da Ordem, a postura do juiz foi anti-democrática e em dissonância com a Constituição Federal. Segundo os conselheiros, ele agiu de forma arbitrária, como na ditadura.
Indignados com a decisão da Justiça do Rio, os conselheiros da OAB também vão mobilizar diversas entidades para uma campanha nacional de denúncia a magistrados. O objetivo é denunciar juízes que agem com abuso de poder e que desrespeitam a Constituição Federal.
No encontro, os advogados chegaram a aprovar também uma moção para cobrar o que chamam de uma “republicanização” do Judiciário do Rio.
Relembre o caso
Em fevereiro de 2011, Luciana o repreendeu por estar dirigindo seu Land Rover sem placa e documentação. Ele teria iniciado uma discussão e pedido para ir até a delegacia. Ela retrucou, dizendo que “juiz não é Deus”. Ele, por sua vez, lhe ordem de prisão por desacato.
Luciana ajuizou ação de indenização por danos morais contra o magistrado no mesmo ano. Porém, a decisão foi contrária à agente, que foi condenada ao pagamento de R$ 5 mil ao juiz. Ela recorreu da decisão, mas novamente seu recurso foi negado. Agora, seus advogados pretendem levar a batalha judicial aos tribunais superiores.

Fluxo de clientes apresenta crescimento e anima comerciantes no Moda Center Santa Cruz

 
 
População flutuante superou a marca de 75 mil pessoas nos dois dias de feira nesta semana e expectativa é que quantidade aumente mais

A proximidade do fim do ano tem levado a um aumento importante no fluxo de pessoas no Moda Center Santa Cruz. Com foco nas vendas típicas para as festas do período, é cada vez maior a quantidade de compradores que optam por renovar e abastecer seus estoques no centro atacadista de confecções em Santa Cruz do Capibaribe.

Nessa semana, contabilizados os dois dias de feira, a população flutuante estimada superou a marca de 75 mil pessoas, entre clientes, comerciantes e funcionários – cerca de 20 mil indivíduos a mais que o normalmente registrado no local nos períodos de baixa temporada. O incremento tem agradado aos empreendedores que atuam no local.

O recém-eleito síndico do empreendimento, Janilton Allan Carneiro, destaca algumas das intervenções realizadas como forma de oferecer o melhor atendimento possível ao público. “De olho na ampliação da demanda, adquirimos um gerador para assegurar o fornecimento de energia elétrica em caso de falha no fornecimento tradicional e instalamos uma subadutora para aumentar a vazão de água e acelerar o enchimento dos nossos reservatórios”, aponta.

Segundo o gestor, as ações ainda incluíram reforma nos alojamentos de motoristas e guias de excursões e início da reestruturação geral das baterias de banheiros. A lista de melhorias também contemplou questões de segurança, logística, atendimento clínico e ambulatorial, trânsito, limpeza e higienização nas áreas internas e no entorno do centro atacadista.

Sempre agindo de forma proativa, o corpo diretor do Moda Center ainda manteve discussões com a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe. Entre os desdobramentos conseguidos estão a instalação de um trailer da Guarda Municipal em frente ao centro comercial e o compromisso na realização de melhoramentos nas vias alternativas ao parque, favorecendo o tráfego na PE-160, itinerário mais utilizado pelos visitantes.

“Queremos que tanto os comerciantes como os compradores tenham a melhor experiência possível quando estiverem no Moda Center Santa Cruz. Desenvolvemos intervenções em diversos setores e acreditamos que os esforços serão recompensados com o aumento nas vendas e a fidelização do público que, por sinal, tem vindo cada vez mais de localidades fora do Norte e Nordeste, como Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo”, completa Janilton Allan Carneiro.

Mulher é presa com 45 pedras de crack escondidas em partes íntimas


Uma mulher foi presa na noite dessa quarta-feira (5) com 45 pedras de crack em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, Raíssa Vital Bezerra, de 22 anos, estava com o entorpecente escondido dentro da vagina e foi presa na Praça do Rosário, no centro da cidade.
Ainda segundo a polícia, a mulher foi conduzida para a delegacia do município e autuada por tráfico de drogas. Em seguida, a suspeita foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Buíque, também no Agreste.

Do Ne10

Adolescente de 15 anos morre após brincar de roleta russa em Goiana

 
Um adolescente de 15 anos morreu após brincar de roleta russa com um amigo na tarde da última quinta (6). O caso ocorreu no Loteamento Sindicato, às margens da PE-75, em Goiana, na Zona da Mata Norte pernambucana.
O adolescente foi identificado como José Henrique Ramos, e brincava com um amigo identificado apenas como “Cauã” de roleta russa, jogo de azar em que uma única bala é colocada em uma das câmaras de um revólver, que tem seu tambor fechado e girado, impossibilitando os participantes de saberem a localização da bala antes de apontarem contra sua própria cabeça e apertarem o gatilho.
Durante o jogo, José Henrique foi atingido à queima-roupa no pescoço. Cauã teria arrastado o amigo até a calçada e o deixado lá, fugindo do local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a socorrer o adolescente, mas ele acabou falecendo a caminho do Hospital Belarmino Correia, em Goiana.
No quarto do adolescente foi encontrada uma pistola de calibre 32 com capacidade para sete tiros, com uma munição na arma e outra dentro do quarto.
O corpo de José Henrique foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Recife. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Goiana.

Candidatos eleitos gastam 11 vezes mais que não eleitos


 Do Dizendo Tudo
É o dinheiro, candidato! Quanto mais o postulante a um cargo legislativo arrecada, maior a chance de ele conseguir o que quer. Juntos, os cerca de 1,5 mil deputados federais, estaduais e distritais e os senadores eleitos gastaram 29% mais que a soma das despesas dos mais de 13 mil candidatos que não se elegeram. Os vencedores arrecadaram R$ 1,4 bilhão, ante R$ 1,1 bi dos derrotados. Na média, os eleitos gastaram 11 vezes mais que os não eleitos.
A diferença entre o gasto médio de vencedores e vencidos varia de cargo para cargo. A disputa financeira menos desigual é no Senado. São menos candidatos – média de 4 por vaga – e os partidos podem canalizar mais recursos para as candidaturas. Entre os concorrentes a senador, a campanha dos eleitos custou 4 3 vezes mais que a dos derrotados: R$ 4,9 milhões, em média, ante R$ 1,1 milhão para os que não irão a Brasília.
Na eleição para a Câmara dos Deputados é que o cofre pesa mais. Os 513 vencedores gastaram, em média, R$ 1,422 milhão para se eleger, em um custo total de R$ 723 milhões. Já os milhares de candidatos que ficaram pelo caminho gastaram, juntos, pouco mais de metade disso. Na média, suas campanhas custaram 93% menos que a dos eleitos. Mesmo assim, gastaram R$ 397 milhões.
O dinheiro faz tanta diferença na eleição para deputado federal que há faixas de sucesso e de insucesso, proporcionais a quanto o candidato gastou. Por exemplo: todos aqueles que arrecadaram mais de R$ 5 milhões se elegeram. Foram dez, como Sergio Sveiter (PSD-RJ), que angariou R$ 5,7 milhões para conquistar 57 mil votos, média de R$ 99 por voto – a mais cara da nova Câmara.
Se o candidato à Câmara não puder gastar tanto, mas quiser assumir um risco de não se eleger menor do que 10%, ele terá de gastar entre R$ 3 milhões e R$ 5 milhões. Foram 59 os candidatos que gastaram nessa faixa, dos quais 54 se elegeram. O que gastou menos nesse grupo, Carlos Sampaio (PSDB-SP), declarou R$ 3 milhões. Entre os cinco que não tiveram a mesma eficiência está, por exemplo, Newton Lima (PT-SP), que gastou R$ 3,6 milhões mas não conseguiu voltar à Câmara.
Dos que gastaram mais de R$ 1 milhão e menos de R$ 3 milhões, 65% tiveram sucesso. Já entre os candidatos à Câmara que arrecadaram menos de R$ 500 mil, apenas 3% conseguiram garantir o mandato.
É claro que as chances de ser eleito dependem não apenas dos votos do candidato, mas da soma de sufrágios de sua coligação – e que isso varia de partido para partido e é diferente em cada Estado. Por isso, não é possível afirmar que os valores desta eleição sejam uma regra replicável em pleitos futuros.
CAUSALIDADE – Os dados tampouco provam o sentido da correlação. Uma corrente da ciência política advoga que o fato de um candidato já ser favorito facilita a arrecadação de recursos para sua campanha e a torna mais rica. Mas a maioria dos pesquisadores concorda que o oposto é mais determinante: mais dinheiro, mais votos.
Certo é que a regra não vale igualmente para todos. Ao menos não com a mesma intensidade, lembra o professor de ciência política da USP Bruno Speck. Especialista em financiamento eleitoral, seus estudos mostram que o peso do dinheiro depende muito se o candidato concorre à reeleição ou se ele é um novato.
Um parlamentar já larga com 60% de chance de ser eleito, e aumenta essa probabilidade em função da quantidade de recursos que consegue arrecadar. Já o novato parte com uma chance muito menor, que beira a zero, e vai aumentando suas possibilidades na razão direta de quanto ele consegue de doações. “Assim, o dinheiro alavanca mais o novato do que o candidato à reeleição”, afirma.
Num artigo que Speck publicou recentemente, a intensidade da associação entre dinheiro e desempenho eleitoral depende do tipo de candidato, e é mais forte para os novatos, principalmente as mulheres, e menos forte para os homens que já estão no cargo.
Mobilização. O dinheiro só pesa pouco para um tipo de deputado: o que está inserido em redes sociais com interesses homogêneos e que se mobilizam para eleger um representante por sua ideologia.
O voto mais barato da nova Câmara foi o do pastor Marco Feliciano (PSC-SP), que representa os evangélicos, defende valores sociais tradicionais e ganhou notoriedade ao presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Não por acaso, o segundo voto mais barato foi o de seu antípoda, Jean Wyllys (PSOL-RJ), que defende o casamento gay e a legalização da maconha. O custo do voto do primeiro foi de R$ 0,37 e o do segundo, de R$ 0,47. Na média, seus futuros colegas gastaram R$ 12,60 por voto para chegar à Câmara.
Do Estadão

Do Sulanca News: Vamos passar Santa Cruz a limpo?

EDITORIAL


 
Mais uma vez estou de volta ao mundo do rádio. Um ano se passou para que pudesse reorganizar o blog Sulanca News e repensar muita coisa sobre o meio radiofônico. Mas agora estou aqui novamente, desta vez reiniciando um projeto que já estava em andamento: o programa Falando de Política. A Santa Cruz FM abraçou esta ideia e aqui estou ao lado de novos e antigos companheiros, para juntos ajudar ainda mais na democratização dos meios de comunicação de Santa Cruz e região.

De segunda a sexta, das 7hs às 8hs, estaremos juntos na 98,5 FM, e pela internet na  www.santacruzfm.com.br.
Vamos abrir espaço para a população dizer o que pensa sobre muitos temas, pois sempre acreditei que na opinião do povo, está a essência da democracia. Vamos abrir o microfone com força para quem tiver o que dizer.
Você está satisfeito com o vereador que você votou? E com os políticos e seus grupos, está contente?
A fórmula do programa é simples: não tem debatedores se enfrentando cara a cara, mas sim, muitos convidados que terão seu espaço garantido para falar sobre o tema que interessar. Os grupos políticos terão seus espaços e qualquer um poderá expor seu pensamento, independente do partido politico, se é ou não, uma autoridade na cidade.
Obviamente vamos primar pelo respeito, esclarecendo os fatos e deixando que todos possam emitir sua opinião.
Portanto, conto com sua audiência e sua participação no Falando de Politica, para que possamos construir juntos um programa verdadeiramente com a cara do povo.

Que tal passarmos Santa Cruz a limpo?.

Santa Cruz do Capibaribe, 13 de novembro de 2014.
Marcondes Moreno, DIRETO DA REDAÇÃO.

Polo de confecções deve receber incentivo do Ministério da Integração

O Ministério da Integração Nacional vai analisar a inclusão do Polo de Confecções do Agreste no seu programa Rotas de Integração Nacional, conforme acerto feito, nesta terça-feira (11), entre o senador Douglas Cintra (PTB-PE), suplente de Armando Monteiro Neto, e o coordenador geral de Programas Sub Regionais, Marcos de Sant’Ana, em reunião no Ministério.
A provável inclusão do polo no programa, explicou Cintra, significa o apoio do Ministério e de outros órgãos federais a projetos de inovação, pesquisa, financiamento e comercialização. O Polo de Confecções possui 18.800 unidades produtoras, fabrica 850 milhões de peças de roupa por ano e emprega 130 mil pessoas em 10 municípios do agreste pernambucano.
O programa Rotas de Integração Nacional beneficia os APLs (Arranjos Produtivos Locais), aglomerados de empresas de um mesmo setor localizadas em território específico que cooperam entre si. Estão incluídos no programa, até agora, a Rota do Cordeiro, no semiárido nordestino; a Rota da Fruta, no Nordeste, Norte e Sul; a Rota do Peixe, no Norte e Nordeste, e a Rota do Mel, também no Nordeste.
Para participar do programa, o polo tem de promover a absorção de mão de obra de baixa renda, possuir representatividade regional, apresentar potencial de crescimento do setor a que está vinculado e de inovação tecnológica, entre outros critérios.
O Rotas de Integração Nacional pode beneficiar, também, obras de infraestrutura, como a conclusão da duplicação da BR 104 até o distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, lembrou o senador caruaruense.
“O Polo é um importantíssimo fator de interiorização do desenvolvimento e precisa ter medidas de incentivo de todos os níveis de governo, tanto o municipal quanto o estadual e o federal”, enfatizou Douglas Cintra após a reunião no Ministério da Integração Nacional.

Capela da Polícia Civil




Michel Zaidan

MICHEL ZAIDAN é professor da UFPE, do Programa de Pós graduação em ciência política
Pernambuco 247

Nunca a bandeira de Pernambuco, os símbolos oficiais do estado e a necessária impessoalidade da gestão pública, entre nós, esteve tão amarrotados

Estive, durante a semana, nas dependências dessa agência de serviços públicos que se chama Delegacia de Polícia no Bairro de Boa Viagem. Fui lá à cata da prestação de serviço judiciário pelos prestimosos agentes da polícia investigativa de Pernambuco. Qual não foi a minha surpresa quando me deparei com a imagem sorridente, postada nas paredes do recinto, do falecido governador do estado! De um governador, diga-se, que chamava "as delegacias de Polícia de antro de corrupção"; fiquei me perguntando como foi que aquela imagem permaneceu ali na parede e ninguém viu? - Onde estava a imagem oficial do novo governador (em exercício) João Lyra? Ou do futuro governador, Paulo Câmara? - Nada. Quem estava ali sobranceiro, dominando o ambiente, era a imagem do mandatário desaparecido.

Essa constatação me fez pensar que, mesmo morto, o governador continua a interferir ativamente na vida dos cidadãos e cidadãs vivas. A quem interessa manter essa influência além-mundo? - Quem se beneficia com ela? Quem autorizou a continuidade desse presença virtual num recinto da administração pública: o delegado, o chefe da SDS, a família do falecido? - Quem ganha em perpetuar essa memória de dominação no estado de Pernambuco?

Se a administração pública deve ser impessoal, racional-burocrática, operada por um corpo de funcionários de carreira, que não devem lealdade a não ser à Constituição do país, como se explica que uma agencia pública de segurança e investigação criminal possa estar a serviço de interesses políticos de uma família ou grupo político estadual? - Sabe o Ministério Público Estadual dessa inovação administrativa, de conservar ícones e representação de ex-governadores do estado (sem o retrato do gestor atual) nos prédios públicos de Pernambuco? Isso é produto de mero esquecimento ou uma estratégia deliberada de cultivar a lembrança do morto como meio de manutenção do poder?

Essas considerações tornam-se mais oportunas quando se cogita da distribuição dos cargos pelo futuro governador de Pernambuco. Quantos cargos e nomeações oficiais serão disponibilizados para os membros da família Campos/Acioly? - A que título ou competência burocrática ou gerencial se fará essa generosa distribuição? - Cargos ou prebendas? - Ao infante, que sequer concluiu o curso superior, mas que já foi anunciado como o herdeiro e sucessor do glorioso pai falecido? - E à viúva, qual será a competência administrativa que lhe será atribuída? - E à filha? E o cunhado, o zeloso protetor da família, em horas difíceis?

É aí onde reside o "ponto dollens" da questão: a diferença entre Estado e Oligarquia, oligarquia familiar, oligarquia que pensa a administração como "res privada", sua, e não "res pública", dos cidadãos e contribuintes. E que portanto não deve satisfação a ninguém. Daí para mudar o nome das avenidas, pontes, viadutos, praças, rodoviárias, hospitais, escolas e equipamentos públicos pelos de seus familiares é um salto!

Nunca a bandeira de Pernambuco, os símbolos oficiais do estado e a necessária impessoalidade da gestão pública, entre nós, esteve tão amarrotados. Quando vamos outra vez erguer a bandeira da República em nosso estado?

DJF NEWS Copyright © 2013 - Designer by PERNAMBUCO - NOTICIAS DO DIA ONLINE NOTICIAS DO DIA ONLINE